processo de produção

Recebimento de Matéria Prima

Os ingredientes utilizados na fabricação dos alimentos chegam à indústria e uma série de procedimentos de rotina é realizada.

Antes da descarga os produtos devem ser rigorosamente conferidos, analisando principalmente o aspecto físico. Nesta etapa, são coletadas amostras de toda matéria prima que serão analisadas no laboratório de controle de qualidade da empresa. As análises realizadas variam de acordo com o produto recebido. No caso de farinhas de origem animal são realizadas análises de peróxido, acidez, umidade e atividade de água. Para óleos de origem animal são realizadas análises de peróxido e acidez. No caso de matéria prima de origem vegetal analisa-se umidade, aflatoxina e ausência de contaminantes físicos, químicos e biológicos. Ainda são enviadas amostras para laboratórios externos que realizam análises complementares, como análises bromatológicas.

Algumas características que depreciam o produto são: fungos, umidade alta, produto ardido, carunchos, odor indesejável e alto nível de impurezas. Nos produtos como farinhas de origem animal algumas das principais características físicas a serem analisadas são: cor aparente, odor e umidade.

Produtos à granel são recebidos em moegas e posteriormente enviados para silos específicos ausentes de pragas, fungos e outros contaminantes.

O transporte de grãos da moega para os silos é feito através de elevadores e/ou esteiras e roscas transportadoras, equipamentos específicos para essa função. Os produtos uma vez nos silos de armazenagem podem ficar estocados por um período de tempo maior desde que se tenha condição adequada.

Os micro-ingredientes que farão parte da formulação são recebidos em embalagem apropriada e armazenados em local seco e arejado, garantindo a manutenção de suas propriedades, e adicionados após pesagem especial diretamente no misturador de acordo com protocolo de produção específico.

Matriz Jaciara - MT: Rodovia BR 364, km 270, Caixa Postal 27, CEP 78820-000, Jaciara - MT